Segurança industrial: o que é e qual a sua importância.

 Segurança industrial corresponde ao grupo de medidas tomadas para combater acidentes e doenças ocupacionais. Logo, é um campo que estuda maneiras de manter a proteção sobre trabalhadores no seu ambiente profissional.

Enquanto no Brasil, quem define as normas e leis para o estabelecimento da Segurança industrial é o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, é a Segurança industrial que se responsabiliza pela organização de atividades voltadas para a prevenção. Além de atuar para evitar acidentes e pela mudança cultural dentro da empresa.

Dessa forma, funcionários mais preocupados com a própria saúde e com o bem-estar resultam em aumento da produtividade e motivação.

Como um exemplo,posto que no momento em que o Grupo Vulcabras adquiriu as ações da Calçados Azaleia S.A., foi necessário a implantação de um novo padrão de trabalho. Assim, com a consolidação do Plano de Melhoria na Segurança do Trabalho, o gerente corporativo fez um balanço dos resultados: “Melhoramos o desempenho ao reduzir custos indesejados“.

Portanto, ao investir na segurança das pessoas e dos processos, sua empresa abrirá as portas para as  vantagens listadas abaixo.

 

Diminuição de acidentes

A meta da Segurança industrial é assegurar a prevenção dos acidentes laborais que podem causar danos à integridade física e mental dos empregados. Desta forma, é mantido um ambiente saudável e favorável para a saúde e o bem-estar de todos os envolvidos.

 

Organização

Para bons resultados na organização, o profissional responsável pela Segurança industrial deve implementar uma cultura organizacional. Dessa maneira, essa cultura fará com que os colaboradores priorizem a limpeza e a sistematização do ambiente.

Contudo, os ganhos logísticos são perceptíveis, elevando assim o nível de produtividade. O que torna o colaborador mais motivado e preparado para exercer suas funções.

 

Redução de custos

Um bom empresário é aquele que sabe calcular de forma estratégica. Os investimentos com a salvaguarda podem representar novos custos com a contratação de um profissional e a compra de equipamentos.

Por outro lado, ele representa a diminuição de gastos e desgastes com afastamentos, ações judiciais e com o reparo da imagem da empresa.

Logo, um ambiente seguro diminui os riscos e contribui para que o funcionário se prenda à tarefa executada. Portanto, pense no quanto você ganhará com a qualidade de produtos e da entrega!

 

Credibilidade

Como mencionamos acima, uma empresa que pode atestar os investimentos na redução de acidentes e ocorrências garante uma imagem mais forte diante do mercado.

Nesse sentido, essa credibilidade tem extrema importância para marcas que desejam se consolidar em um mercado competitivo. A demanda por diferenciais é contínua, e a demonstração de responsabilidade social conta muito pontos.

 

Oportunidades

O treinamento de segurança pode se revelar como uma grande chance de manter todos os colaboradores integrados em uma única causa.

Essa pode ser a oportunidade que você precisa para gerar engajamento dos funcionários e conhecimento. Isto é comunicando os compromissos da instituição com a proteção e oferecendo um lado humano que costuma ser apreciado e gerar bons resultados.

 

Como garantir a segurança industrial na minha empresa?

A melhor maneira de garantir a segurança industrial em uma empresa é a partir da prevenção, e como prevenir acidentes no trabalho?

 

Faça a avaliação dos riscos

Visto que promover um ambiente seguro e prevenir acidentes de trabalho na indústria é preciso conhecer, primeiramente, quais são os riscos aos quais os trabalhadores estão expostos diariamente. Assim, cabe ao empregador fazer esta avaliação de riscos ou contratar um profissional para o fazer.

A partir desta avaliação é possível determinar riscos e problemas inerentes à atividade, antecipar riscos e sugerir soluções capazes de reduzir ou extinguir os perigos. O objetivo deve ser sempre melhorar as condições e o ambiente de trabalho. 

Contudo, é igualmente importante, durante uma avaliação de ricos, definir as ações preventivas e corretivas para a maioria das situações. Dessa forma, o trabalhador não deixa de estar exposto ao risco mas convive com o mesmo de forma mais segura. Contudo, desde que se criem condições para evitar acidentes de trabalho.

 

Conscientize e eduque os colaboradores

Formação e ações de conscientização são a melhor forma de fazer com que os trabalhadores compreendam os riscos a que estão expostos e se auto previnam.

Ao comunicar à equipe a função que cada um vai exercer e os riscos inerentes em cada tarefa, o gestor garante que o indivíduo estará preparado para executar o trabalho. Com isso sem oferecer riscos ou prejuízos à equipe e ao empregador.

Ademais, além da informação relativa aos riscos de acidentes no trabalho, é de suma importância partilhar por meio de fixação avisos em locais visíveis essas informações, bem como sinalização específica nos equipamentos.

É valido ressaltar que a análise de riscos é importante, assim como a adoção de medidas que ajudem a melhorar o ambiente de trabalho. Porém, sem a conscientização dos colaboradores, os resultados podem não ser tão eficazes.

 

Disponha de Equipamentos de Segurança Adequados

Uma das obrigações dos empregadores é colocar a disposição dos trabalhadores que exercem atividades de risco os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’S).

Além do fornecimento dos EPI’s, o responsável deve fazer vistorias frequentes a fim de certificar que os equipamentos estão adequados e se são utilizados de forma correta. Dessa maneira, é fundamental dar formação e instruções de uso ao trabalhador dos equipamentos de segurança existentes.

 

mas o que são EPI’s e EPC’s ?

Os equipamentos de proteção, sejam eles de uso individual ou coletivo, são essenciais para a segurança e a saúde do trabalhador.

Os equipamentos de proteção individual (EPI) são itens de responsabilidade de cada trabalhador. São de uso pessoal, e devem ser fornecidos pela empresa e disponibilizados em quantidade necessária a todos os colaboradores. Como exemplos temos: capacetes e cintos de segurança, protetores auditivos, máscaras, luvas e calçados de proteção entre outros.

Analogamente, os equipamentos de proteção coletiva (EPC), são tão importantes quanto os equipamentos de proteção individual. Eles asseguram as condições gerais de trabalho.

Conclui-se, portanto, que são apresentados em diversas formas. E também são regulamentados pela NR18 e reduzem as chances de lesão no ambiente, bem como o impacto causado.

 

Interessado em reduzir riscos investindo na segurança dos seus trabalhadores?

Eliminar os riscos de acidentes é uma tarefa árdua. Porém a conscientização e a educação são grandes aliadas quando se procura prevenir os acidentes de trabalho na indústria.

A ConsultEQ conta com o auxílio de professores doutores especializados no assunto e que estão dispostos a nos ajudar.

Nós somos uma empresa júnior e realizamos consultorias na área de Engenharia para empresas, entidades, e sociedade em geral.

O nosso time está preparado para fazer a análise de riscos da sua empresa e, juntamente com você. E executar as mudanças necessárias para garantir um ambiente de trabalho seguro.

Contamos com preços acessíveis e com uma equipe especializada e especializada em propor soluções inovadores.

Estamos localizados na cidade de Uberlândia no estado de Minas Gerais e temos o apoio da Universidade Federal de Uberlândia.

 

Escrito por Natállya Ferreira