Reciclagem de Plásticos: um mercado cheio de oportunidades

É difícil quantificar as oportunidades que o plástico pode trazer. Entenda o por quê!

 

A reciclagem de plásticos ganha notoriedade quando observa-se que a maioria dos materiais utilizados no dia a dia, seja para fins domésticos ou industriais, são feitos de materiais plásticos, resultando numa enorme quantidade de resíduos sólidos direcionados para o meio ambiente.

O plástico pode ser recuperado após o seu descarte para gerar novos produtos devido a sua alta capacidade de reaproveitamento. Com isso, o processo de reciclagem do plástico surge como uma opção que impacta não só o meio socioambiental, mas também o econômico. A responsabilidade de destinar esses resíduos não cabe apenas aos consumidores, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), empresas devem obedecer normas e diretrizes para a destinação adequada – é cobrada multa caso tais normas não sejam cumpridas.

 

Quais as vantagens da reciclagem de plásticos?

 

  • Redução do impacto ambiental e responsabilidade ecológica:

Ocorre redução de utilização da matéria-prima, visto que o produto final da operação pode ser fabricado com materiais recicláveis e reaproveitáveis. Sendo assim, é melhor direcionado a geração de resíduos plásticos no meio ambiente. Como consequência, há a redução de gases na atmosfera e de energia consumida – economia de até 90%. Assumindo a responsabilidade ambiental, as empresas geram valor sobre o produto oferecido no mercado, fortalecendo a marca como ecologicamente correta.

  • Impacto sobre vários ramos de atividade:

Características como a alta durabilidade, fácil manuseio, variedade,baixo custo e 100% reciclável, torna o impacto do plástico sobre os diversos ramos do mercado evidente. Na indústria têxtil, por exemplo, as fibras sintéticas são essenciais por serem resistentes e por possibilitarem a diversidade de peças de vestuário. Na indústria automotiva, surgem como opção fundamental na estrutura do veículo (leveza e absorção de impacto). Na indústria de alimentos, a vantagem da utilização de plásticos em embalagens e transporte é de evitar a proliferação de microrganismos e aumentar a vida útil do alimento. Logo, podemos observar a presença constante do plástico nos mais diversos processos industriais, o que levanta a necessidade – e oportunidade – de aplicar a reciclagem de plásticos ao seu empreendimento.

  • Oportunidades de mercado e inovações:

A reciclagem de plásticos gera renda para centenas de brasileiros, desde cooperativas de catadores até indústrias de reciclagem. Porém, esse mercado ainda não é explorado totalmente, o que o torna o investimento nesse setor promissor. Existem 3 tipos de obtenção de materiais recicláveis: mecânica, química e energética; fornecendo a possibilidade de formulação de uma série extensa de produtos com qualidade variável. A indústria de bebidas e alimentos, por exemplo, explora cada dia mais embalagens de PET por serem mais resistentes e econômicas.

 

Mas quais os tipos de plásticos recicláveis?

As resinas advindas da reciclagem de plásticos, sendo as mais utilizadas segundo a Associação Brasileira da Indústria e do Plástico, são:

 

  1. PET (tereftalato de polietileno): É o mais utilizado. Empregado na formação de produtos como: garrafas de refrigerantes, embalagens de isotônicos, potes de margarinas, copos descartáveis, etc.
  2. PEBD (polietileno de baixa densidade): É mais utilizado em embalagens de pães, embutidos e alimentos congelados em geral.
  3. PEAD (polietileno de alta densidade): Comum em embalagens de desinfetante, de shampoo, de tampas, detergentes, garrafas de sucos, etc.
  4. PVC (policloreto de vinila): Conhecidos pelos tubos de PVC, são os menos aceitos nos centros de reciclagem. Também constam em cones de construção, calhas e embalagens mais resistentes.
  5. PP (polipropileno): É bastante usado em indústrias automobilísticas e de construção civil. Mas também compõe os canudos de plásticos, engradados de bebidas, brinquedos, etc.
  6. PS (poliestireno): Não é tão comum para a reciclagem. Está presente em espumas para embalagem, talheres de plásticos e embalagens de proteção para eletrônicos.

 

Portanto, caso o seu processo envolva a utilização de materiais de plástico, considere a possibilidade de se aprofundar no assunto. A reciclagem de plásticos pode trazer vários benefícios à sua empresa, pois você estará lucrando em cima de um resíduo gerado e,  comumente, descartado. Ignorar tais variáveis pode significar uma série de gastos desnecessários para sua empresa, comprometendo o rendimento de sua operação. A ConsultEQ pode te auxiliar com excelência na busca das melhores soluções e oportunidades para seu empreendimento. Entre em contato e agende uma visita gratuita!

 

Escrito por: Carla Maria

 

Call to action