Como garantir a qualidade com boas práticas de fabricação?

As Boas Práticas de Fabricação são medidas que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos para garantir a qualidade sanitária e conformidade técnica.

O setor da indústria de alimentos é um dos ramos que possui maior quantidade de leis e procedimentos obrigatórios, impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Esses procedimentos entram no plano de gestão da qualidade dessas indústrias e têm como pré-requisito as Boas Práticas de Fabricação (BPF).

Mas você sabe o que é a BPF?!

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), “As Boas Práticas de Fabricação (BPF) abrangem um conjunto de medidas que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos a fim de garantir a qualidade sanitária e a conformidade dos produtos alimentícios com os regulamentos técnicos”.

[cta id=’2236′]

De forma geral, quais itens compõem as BPF ?

  • Limpeza e conservação de instalações;
  • Qualidade da água;
  • Recebimento e estocagem de matérias primas;
  • Higiene pessoal;
  • Controle integrado de pragas;
  • Calibração de instrumentos;
  • Treinamentos periódicos para funcionários.

A legislação sanitária federal regulamenta essas medidas em caráter geral, aplicável a todo o tipo de indústria de alimentos e específico, voltadas às indústrias que processam determinadas categorias de alimentos.

Esses procedimentos deverão ser registrados por meio da elaboração de um manual, especificando todas as medidas de controle de cada processamento.

Como elaborar um manual de BPF?!

É um manual de caráter descritivo, sendo apresentadas informações da indústria, como localização, assim como a descrição do processo. Devem ser apresentadas também as operações realizadas pelo estabelecimento, incluindo os requisitos higiênico-sanitários das edificações; a manutenção e a higienização das instalações, dos equipamentos e dos utensílios; o controle da água de abastecimento; o controle integrado de pragas e vetores; a capacitação profissional, o controle da higiene e a saúde dos manipuladores; o manejo dos resíduos e o controle e garantia de qualidade do alimento preparado.

Quer saber mais sobre assuntos de seu interesse?! A ConsultEQ te informa!

Visite nosso blog e encontre soluções e valores que podemos gerar para a sua empresa.

*Escrito por Kindlly Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.