O que é Compostagem?

Compostagem é o processo biológico de decomposição da matéria orgânica oriunda de resíduo animal ou vegetal, formando um composto. Esse composto pode ser aplicado ao solo para melhorar suas características sem causar danos para o meio ambiente.

Os resíduos orgânicos mais utilizados em compostagem são cinzas, lixo doméstico orgânico, aparas de grama, rocha moída e conchas, feno ou palha, cascas e folhas de árvore, resíduos de cervejaria, acículas de pinheiro, serragem, algas marinhas, ervas daninhas e quaisquer outros resíduos orgânicos em geral.

Frequentemente vemos os produtos de compostagem serem utilizados em adubação de solos agrícolas tanto em larga quanto em pequena escala. Esse processo aumenta a capacidade de retenção de água do solo pois devolve para o mesmo os nutrientes necessários, consequentemente possibilita maior controle de erosão e evita o uso de fertilizantes sintéticos.

Em reportagem para o Campo Grande News, o engenheiro Günther Medeiros Frantz conta como funciona o seu projeto que recolhe lixo orgânico em algumas regiões da cidade, realiza o procedimento de compostagem e retorna para os seus clientes ao final do mês cerca de 1Kg de adubo ou uma mudinha de tempero ou hortaliça, dos mais diversos tipos e espécies.

“Ao final de cada mês, os clientes recebem um cartão informando quantos quilos de lixo orgânico, vindos de suas casas, foram compostados e, por meio da ação, o quanto de CO₂ (dióxido de carbono) não foi emitido para a atmosfera. ”

O mais interessante é que o projeto é a única fonte de renda de Günther atualmente, ou seja, além de estar contribuindo para a correta gestão ambiental na cidade ele ainda consegue gerar renda com o seu produto.

“Com o sucesso do projeto, Günther pretende continuar expandido seu Eco Balde, mas também sonha, no futuro, em montar um negócio de engenharia sustentável na cidade, que trabalhe com construções sustentáveis, conforto térmico, paredes verdes, energia solar, entre outras maneiras de construir e trazer progresso, mas sempre em harmonia com o meio ambiente”.

Günther sonha em empreender e trabalhar com projetos maiores e mais ousados no futuro. Imagine então, em uma escala industrial, o quanto a compostagem pode trazer benefícios para o seu negócio.

Ela possibilita a redução do lixo destinado ao aterro, gerando economia com custos de aterro e aumento de sua vida útil, revalorização e aproveitamento agrícola da matéria orgânica, reciclagem de nutrientes para o solo com processo ambientalmente seguro, além da grande economia com tratamento de efluentes e fertilizantes sintéticos.

 

Reportagem de 05 de agosto de 2017.

Disponível em: https://www.campograndenews.com.br/lado-b/comportamento-23-08-2011-08/gunther-trocou-carreira-na-engenharia-por-projeto-que-recolhe-lixo-pela-cidade

 

Escrito por: Maria Vidigal

 

2 thoughts on “Compostagem de resíduos orgânicos: economia financeira e ambiental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.