Como a gestão de resíduos pode diminuir os gastos da sua empresa?

Gerir resíduos consiste em um conjunto de procedimentos com o objetivo de minimizar, em volume ou toxicidade, a geração de resíduos e por fim, destinar os restantes de forma adequada.

O gerenciamento correto desses resíduos pode evitar ou diminuir gastos através das seguintes medidas:

  • Redução da produção de resíduos:

A redução é a diminuição dos insumos utilizados na própria indústria, de modo a eliminar, ainda na fonte de geração, a maior quantidade possível de resíduos. O que leva a diminuição de custos com a coleta, transporte e destinação apropriada de resíduos, que não serão mais produzidos. Além de reduzir o consumo de água e energia, o que gera economia em todas as áreas.

  • Reutilização e diminuição do desperdício:

A reutilização consiste na reinserção de materiais, que seriam descartados, de volta o processo produtivo. Caso não seja possível essa reinserção na própria empresa, é possível buscar empresas que se interessem na compra e reutilização dessa matéria em seu processo. Dessa forma, tem-se ganho financeiro, seja pela venda de elementos que antes seriam descartados ou pela diminuição de desperdícios.

  • Reciclagem:

A reciclagem é transformação química ou física dos resíduos restantes de algum processo, onde é feita a recuperação da matéria ou a formação de um subproduto com valor comercial. Essa nova matéria, pode ser vendida ou utilizada pela própria empresa, mais uma vez trazendo um rendimento financeiro ou diminuindo desperdícios.

  • Conformidade legal:

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei nº 12.305/10) determina alguns princípios e diretrizes relativas ao gerenciamento de resíduos sólidos de qualquer tipo. E prevê multa para o descumprimento dessas medidas. Portanto possuir uma gestão de resíduos em conformidade com a lei isenta a empresa de multas. E em alguns casos, existem incentivos fiscais, financeiros ou creditícios, para a empresa que adotar alguns mecanismos, como por exemplo, a Logística Reversa (recolhimento de produtos e embalagens pós-consumo).

  • Redução de riscos de acidentes:

Com a destinação correta dos resíduos ocorre uma diminuição dos riscos de acidentes industriais, devido á toxidade ou ao acúmulo dos mesmos. De modo a reduzir todas as consequências legais e financeiras decorrente desses acidentes.

 

Um dos instrumentos apresentados pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei nº 12.305/10) é o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), obrigatório em empreendimentos de diferentes segmentos do mercado. Esse plano busca minimizar a produção de resíduos e direcionar de forma segura e eficiente, os resíduos gerados, com o intuito de proteger os servidores, a saúde pública e o meio ambiente.

A ConsultEQ possui uma equipe qualificada para elaborar um PGRS contendo uma caracterização dos resíduos gerados pela sua empresa e um conjunto de medidas com o propósito de minimizar a produção de resíduos ao máximo,  garantir a reciclagem e a reutilização, e por fim, o tratamento e destinação adequados aos resíduos que restarem. Além disso, oferecemos um treinamento da equipe para implementação dos procedimentos contidos no PGRS. E nos preocupamos não só com a sua adequação á lei, mas também com redução de gastos e obtenção de melhores resultados pelo melhor preço.

Escrito por: Mariana Guimarães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.