Cavitação de Bombas e seu impacto negativo no processo

Em todos os setores que visam o transporte de líquidos, por muitas vezes, faz-se necessário um dispositivo que dê esta energia ao fluido, mantendo o escoamento. Entretanto, selecionar qualquer bomba e não verificar o circuito corretamente pode comprometer significativamente seu processo. Isso pode gerar perdas de matéria e energia, o que implica, consequentemente, em um impacto negativo em seu negócio.

Existem vários empecilhos que causam um mau funcionamento de uma bomba, destacando-se a cavitação. Segundo especialistas, dentre todos os problemas causados no escoamento, a cavitação em bombas é o mais perigoso para o sistema. Visto que leva a desintegração de peças da bomba e provoca uma perca de energia disponível para o transporte.

 

A cavitação de bombas ocorre onde e como?

 

impactos-negativos-cavitacao-de-bombas            A cavitação se inicia em regiões de altas velocidades e baixa pressão. Nestas regiões, onde pressão do rotor pode fica abaixo da pressão de vapor do líquido é possível à ocorrência de vaporização. As bolhas de vapor deslocam-se e quando atingem uma região de maior pressão desaparecem (condensam). Se estas bolhas implodirem perto ou próximo à parede da carcaça, rotor ou mesmo a sede da válvula, este componente sofrerá um impacto fortíssimo.

Isto faz com que a avaliação das condições de sucção – região de menor pressão no sistema – tenham papel importante no projeto e nas especificações das instalações para o correto funcionamento de bombas.

 

E quais as consequências negativas para meu sistema?

 

  • Queda de rendimento;
  • Perca de produtividade pelo tempo parado;
  • Marcha irregular, trepidação e vibração da máquina, devido ao desbalanceamento gerado;
  • Ruído da implosão do fluido na parte sólida;
  • Redução da vazão da máquina devido à redução da seção útil de passagem de fluido pelo reenchimento do espaço por bolhas;
  • Alteração nas curvas características devido à diferença de volume específico do fluido (líquido‐vapor) e da turbulência.

 

Por fim, de que modo posso evitar a cavitação?

 

Este problema tem que ser pensado desde o planejamento até seu funcionamento. O envelhecimento da tubulação ocasiona em uma maior perda de carga e aumento das zonas de baixa pressão. Um correto dimensionamento para trabalhar nas configurações do sistema é a melhor maneira de evitar esta ocorrência, além de se saber escolher acertadamente a bomba, algo que deve ser feito pelos responsáveis pelos diversos cálculos e considerações.

Com esta finalidade, a ConsultEQ – Consultoria e Soluções em Engenharia Química realiza o serviço de dimensionamento através de cálculos eficientes, adaptados e adequados para a finalidade da bomba.

 

Escrito por: Felipe Delsim

 

Call to action