8 dicas para reduzir os gastos energéticos da sua empresa

Com a implementação de dicas simples e de fácil aplicação, é possível reduzir os gastos energéticos da sua empresa em pouco tempo.

A busca de soluções sustentáveis que visam causar o mínimo impacto ao meio ambiente tornou-se prioridade mundial. Sendo assim, atitudes ambientais corretas, socialmente justas e economicamente viáveis que utilizam a integração de recursos naturais e novas soluções energéticas se apresentam de forma crucial no âmbito empresarial.

E o que sua empresa pode fazer para reduzir os gastos energéticos?

Veja aqui 8 dicas para reduzir os gastos energéticos que podem ser aplicadas por pequenos e médios empresários, aumentando a eficiência do seu negócio :

1. Adaptar o horário de funcionamento ao horário de pico

O horário de pico está compreendido no período entre 17h às 22h. Nesse horário atinge-se o pico do gasto energético no país. Sendo assim, como forma de inibir as empresas de concentrarem seu consumo nesse horário, cada região determina um período de três horas em que as tarifas tem um preço mais elevado. Nesse caso, é importante a contratação de um analista que faça projeções e planeje mudanças no horário de funcionamento do seu negócio.

2. Aproveitar a luz solar:

Abrir janelas, quebrar paredes e reaproximar os locais de trabalho da luz natural são atitudes que possibilitam que seja cada vez menos necessário a utilização de luz artificial.

3. Investir na circulação do ar:

Uma circulação de ar eficiente possibilita que o gasto de energia elétrica com refrigeração seja minimizado. Um erro comum é pensar apenas na entrada e não na saída de ar. Lembre-se, cômodos pequenos dificultam a circulação do ar.

4. Evite cores escuras:

Com o intuito de se poupar energia, cores claras são recomendáveis. Essas cores refletem com mais facilidade a luz fazendo com que o gasto com lâmpadas seja minimizado.

5. Proteja seu ar-condicionado do sol:

A parte externa dos aparelhos de ar condicionado deve estar protegida da exposição ao sol, isso faz com que a máquina realize menor trabalho na troca de calor com o ambiente, diminuindo o seu consumo energético.

6. Instale sensores de presença:

Uma alternativa viável e simples para ambientes onde as pessoas irão permanecer curto período de tempo, como banheiros e garagens.

7. Investigue os gastos com estoque:

Com um acompanhamento de perto de seus produtos, um varejista ou distribuidor está em posição de saber exatamente em que dia existe uma venda maior de certo item que ele conserva refrigerado. Com o estudo desse gasto é possibilitado o gasto com refrigeração e conservação apenas no período necessário.

8. Reaproveitamento de energia:

Algumas vezes as perdas de energia podem passar despercebidas como, por exemplo, o calor que se espalha para o lado de fora de uma cozinha de pizzaria. Serpentinas com água corrente poderiam criar um depósito de água quente para ser utilizada na lavagem de gordura dos pratos.

A ConsultEQ atua em Uberlândia e região trazendo soluções energéticas criativas e inovadoras com o intuito de reduzir os seus gastos e alavancar sua empresa com a qualidade do serviço oferecido.
Solicite um orçamento e descubra o que pode ser feito para alcançar melhorias no seu negócio!

Escrito por: Arthur Henderson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.